Skip to content

Fotografia e Amazônia combinam demais

Eduardo Melo é pura arte

A Comudsaber e o Laboratório Krono são parceiros e existe um fator que os une profundamente: a Imagem. 

A Amazonia Art’s nos apresentou o trabalho do fotógrafo Eduardo, pois eu já havia elogiado muito as fotos do site deles.

O Amazonia Art’s divulga e a Arte dos Povos da Floresta e a coloca ao alcance de todos. São obras exclusivas, criações independentes e inspiradoras. 

EDUARDO MELO – Fotógrafo

A frase do próprio artista diz muito dele:

“Eu sou completamente apaixonado pelo cotidiano ribeirinho, pelas crianças no seu momento de espontaneidade, pelo rio com uma composição de uma canoa com um pôr do sol”.

Eduardo nasceu em 1996 em Parintins e, com apenas 25 anos. esbanja talento na arte de fotografar e filmar. 

Na realidade, eu diria que ele é um talento na arte de captar imagens, sensações, emoções e natureza.

Começou a se encantar com a fotografia através de uma campanha chamada Jesus água da Vida, da Igreja Batista de Parintins. Com a câmera de um amigo, ele começou a captar e arquivar imagens para a igreja. Sempre esteve nas campanhas da igreja e nelas ele podia se realizar. Em 2021, isso não aconteceu, por conta da pandemia. 

Sua trajetória é muito interessante, pois há muita superação. Ele fazia estágio no Liceu como recepcionista. Viu uma oportunidade quando descobriu que eles precisavam de fotos para os relatórios, então se ofereceu para fazê-las. Deste momento em diante, descobriu sua habilidade.

Num depoimento que me fez, contou que, no primeiro dia, foi difícil, pois pegou uma câmera sem formatação, não era automática e ele não estava acostumado, mas, mesmo assim, conseguiu algumas poucas fotos e o contato com a câmera despertou sua habilidade e seu sonho.

Curso de Fotografia

Nesse momento surgiu o desejo pelo curso de fotografia.

Seu primeiro contato com a máquina profissional e semiprofissional foi em 2014, como aluno do professor Paulo Sicsú, no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro de Parintins (LAOCS).

Ele podia praticar tudo que aprendia no próprio trabalho no Liceu e sempre mantendo seu apoio à Igreja, pois faz muitos registros em viagens missionárias, fotografando atendimentos médicos e odontológicos.

No final do curso em 2018, participou da exposição “Tilheiros”, com curadoria de Jair Jacqmont. 

Participa de exposições coletivas e atua em diversos projetos artísticos e sociais nas comunidades indígenas e ribeirinhas no município de Parintins – Amazonas. Além das fotos artísticas, ele fotografa eventos em geral, inclusive o portfólio da Amazônia Arts. 

Suas escolhas

Sua paixão, sem dúvida, é fotografar o quotidiano ribeirinho, esse vocês poderão ver nas fotos abaixo. 

Para isso ele busca a total realidade, vivendo verdadeiros momentos de comunhão com os moradores. 

Ele retrata o mundo real, descobre a beleza nas cenas do dia a dia das pessoas. 

Eduardo capta a beleza de atividades rotineiras dos ribeirinhos, como a pesca, as embarcações, os animais e a natureza.

A fotografia é mais do que a profissão do Eduardo, é como ele consegue ajudar ao seu povo. Mostrando suas raízes e conseguindo recursos para dar apoio a eles.

E:\1 COMUD SABER\PRODUTORES CONTEÚDO\1 COSMO\1 AMAZONIA ARTS\EDUARDO\IMG_7707.jpg
E:\1 COMUD SABER\PRODUTORES CONTEÚDO\1 COSMO\1 AMAZONIA ARTS\EDUARDO\edu_6733-Editar.jpg
E:\1 COMUD SABER\PRODUTORES CONTEÚDO\1 COSMO\1 AMAZONIA ARTS\EDUARDO\IMG_0252-Editar.jpg

Algumas fotos feitas de quadros de artistas de Parintins que estão no Amazônia Arts e que, em breve, a Comud irá apresentar um por um para o Brasil todo.

E:\1 COMUD SABER\PRODUTORES CONTEÚDO\1 COSMO\1 AMAZONIA ARTS\EDUARDO\IMG_0095.jpg

Uma das paixões de Eduardo, a fotografia do pôr do sol. Realmente é maravilhoso.

Acho que vou encerrar por aqui esse artigo, afinal, as fotos falam por mim.

Existem fotos artísticas de Eduardo no site Amazônia Arts, Vale a pena passear por lá! 

Em breve, outras comunidades artísticas do Norte e Nordeste serão apresentadas pela Comud.

Agradeço aos artistas aqui retratados e a população amazonense que aqui foi apresentada.