Skip to content

Jalapão

Paraíso no Tocantins

Pessoal da Comud, esse artigo vai mostrar um pouco sobre um dos paraísos brasileiros, o Jalapão.

Quero agradecer, pois esse artigo é uma parceria com Almir e Rafa com suas belas fotos. Na realidade, eu apenas transcrevi um verdadeiro sonho de viagem.

As fotos que o Rafa tirou mostram, por meio das expressões do Almir, quanto prazer e alegria se tem, quando visitamos esse espaço, no coração do Brasil.

Almir me mandou o mapa que eles seguiram para fazer o passeio:

Eles foram acompanhados por suas mães, Antonia e Kris, entraram por Ponte Alta, seguiram para Mateiros à direita do mapa e terminaram em São Félix.

Chegaram de São Paulo através da capital Palmas. 

O caminho todo favoreceu a conhecer cachoeiras e fervedouros, que estão fotografados. Visitaram Cachoeira da Velha, Buriti e Buritizinho, Gruta de Sussuapara e as Dunas.

E:\1 COMUD SABER\PRODUTORES CONTEÚDO\1 RAFAEL ALMIR\Jalapão\IMG-20190111-WA0013.jpg

Como chegar:

Minha sugestão é dar boa olhada nas dicas do Google Maps. 

https://goo.gl/maps/TXybkSrFtXRyen4H9

Você verá que o Parque Estadual do Jalapão fica no interior do Tocantins.

Dois sites me chamaram a atenção para quando for minha vez de ir:

  1. O site Oficial

Home – Jalapão Oficial (jalapaooficial.com.br)

  1. O site Nativos – Adorei as dicas, os pacotes e a liberdade dos passeios. 

Nativos do Jalapão – Conectando você ao paraíso (nativosjalapao.com.br)

Observação: Não existem relações comerciais, é só uma dica mesmo, pois aprendi uma coisa nos meus mais de 50 anos de viajante: programe bem suas viagens, quando os locais escolhidos precisam de dicas muito especiais. 

Dicas

  • Escolha bem a época do ano certa para visita;
  • Faça passeios na mata com guia, caso não tenha trilhas bem definidas;
  • Verifique as distâncias que serão percorridas e o tempo para chegar aos lugares, assim como as condições de estradas e trilhas;
  • Verifique as condições de atendimento médico emergencial.

Nos últimos tempos, muitos acidentes com turistas poderiam ser evitados se pesquisas e cuidados recomendados fossem verificados.

Quando for visitar cachoeiras, verifique o clima; tempestades podem provocar cabeça d’água e as queimadas podem provocar mudança de comportamento nos animais, que buscam refúgio perto da água. Muito comum aumentar o número de cobras, por exemplo.

Agora vou compartilhar as fotos do Almir e Rafa com vocês, depois vou falar um pouco mais desse paraíso e repassar mais informações.

Pessoal, todas as informações abaixo são da Wikipedia, mas resolvi transformar num texto mais para turistas e sonhadores como nós.

Características do jalapão

  • Unidade de conservação brasileira;
  • Proteção integral à natureza;
  • Predomina cerrado ralo de campo limpo e veredas;
  • Área de mais de 150 mil HÁ;
  • Fica no leste do Estado do Tocantins, sendo sua principal atração turística e localizado entre os municípios de Mateiros e São Félix do Tocantins; logo, essas são suas referências;
  • Nessa região, temos vasta produção de artesanato com capim dourado; 
  • Temperatura média de 30 graus Celsius;
  • Região que possui enorme quantidade de rios, riachos e ribeirões, um destaque especial está nas águas limpas e transparentes.

Serviu de cenário para:

  • Survivor da CBS
  • Do outro lado do Paraíso, novela da rede Globo.

Turismo de Natureza e aventura

O turismo está ligado a:

Oásis perdidos dentro de sua vegetação.

Rios

  • Sono, 
  • Soninho, 
  • Novo, 
  • Balsas, 
  • Preto e 
  • Caracol.

Fauna

Se você escolher esse destino para se desligar de tudo, acertou, você pode ficar dias no Jalapão sem ver uma única pessoa. 

Melhores épocas para visitar

Essa região possui temperatura média perto dos 30 graus; logo, considerando a temperatura, você pode ir o ano inteiro.

Mas, nesse caso, você tem que conhecer seus períodos de chuva e seca.

Chuva de outubro a abril – de dezembro a fevereiro, você pode não conseguir fazer alguns passeios.  

Seca de maio a julho – épocas boas para visita, ainda tem umidade e verde, apesar de já ser período de seca

Entre agosto e setembro – épocas mais complicadas, baixa umidade pode ser desconfortável e você perde a beleza do verde. Mas há quem diga que o pôr do sol nessa época é incrível.

Não esqueça. É turismo para quem ama a natureza! 

Nada de jogar lixo no lugar errado. Largar pedações de plásticos e outros elementos estranhos no parque!!!

Agora vamos ver mais algumas fotos. Destaque para as tiradas embaixo da água.

Passeios imperdíveis, segundo vários sites de roteiros no Jalapão

Escolhemos tudo que foi fotografado e o que ainda será, numa outra visita:

  • Dunas do Jalapão (lindo pôr do sol)
  • Cânion do Sussuapara
  • Nascer do sol lá no topo da Serra do Espírito Santo
  • Fervedouro dos Buriti e Buritizinho
  • do Encontro
  • do Alecrim
  • Fervedouro do Rio Sono Prainha do Rio Novo
  • do Ceiça
  • Bela Vista
  • Cachoeira do Formiga
  • da Velha
  • do Sono
  • Cachoeira das Araras
  • do Lajeado

Dicas finais

Enfim, nós te apresentamos um paraíso de pura natureza, mas é um lugar quente quase o ano todo e os passeios envolvem muita água. Sugerimos roupas leves e fáceis de secar, chinelos e sapatilhas para uso em cachoeiras são super úteis e calçados para trilhas. 

Por favor, não esquece a roupa de banho!

Pessoal, se você tem aquela super câmera para fotografar embaixo d’água, não a esqueça. Ou aqueles protetores de celular.

Numa viagem dessa, o protetor, o repelente e aqueles remedinhos básicos são fundamentais.

Para os mais prevenidos, ainda pode ser legal uma lanterna, uma mochila a prova d’água e máscara de mergulho.

Vou parar por aqui, senão vão dizer que pareço sua mãe ou sua vó!

Bora viajar! 

Comece viajando no sonho, é só olhar nossas fotos.

Até a próxima!