Skip to content

Mosteiro Suddhavari

Krono e os monges

O Laboratório Krono é parceiro da Comud desde sua criação e, no final de agosto, vários membros do Laboratório passaram por uma experiência muito especial: fotografar e filmar em equipe.

Sobre essa experiência, leia o texto Krono no Sul de Minas (ver o link).

Contudo, este texto sobre os Monges traz algo a mais. 

Alguns monges budistas do mosteiro Suddhavari, em São Lourenço, estavam caminhando pela estradinha atrás do sítio onde fomos conversar com Izabel, autora da Comud e uma fotógrafa especial.

Eu, Cosmo, fui o único que tive o prazer de ver os monges passando, pois todos os outros estavam fotografando a natureza do local, que é incrível.

Vou dividir com vocês um momento sublime. Aqueles monges passavam em silêncio e me transmitiram uma tremenda paz, pois eles estavam em paz, eram plenos.

Leveza…

Quis fotografar para ver se eu conseguiria captar essa leveza. Acho que consegui, pois as fotos ficaram lindas.

Depois, Izabel me mandou mais algumas fotos que ela havia tirado, eram de pegadas deles e de alguns objetos desses homens. Esses objetos foram deixados ao lado da cerca para eles caminharem descalços.

Depois disso, fui conversar com Izabel, para saber quem eram aqueles que passaram por mim e me fizeram tão bem.

Ela pediu autorização e eles me indicaram o site deles, para poder compreender de onde vinha aquela sensação.

O mosteiro e seu site

Quem Somos | Mosteiro Suddhavāri (suddhavari.org)

O site deles é muito completo e traz toda a descrição do mosteiro, da doutrina, da construção e o futuro do mosteiro. Vale a pena conhecer.

Mas algo vou ressaltar nessa doutrina: a Generosidade. 

Nosso texto ficaria incompleto se eu não replicasse um ensinamento de Buda, que se destaca:

Ensinamentos de Buda

Esse ensinamento de Buda é totalmente aderente à proposta da COMUD e do Krono.

Eu gostaria muito de conseguir transmitir no texto abaixo o bem que a simples passagem deles me fez, mas não sei se é possível… Não custa tentar!

Passos

Pegadas

Caminhar

Pés no chão

Olhar em leveza

Energia solta

Paz Infinita

Som de vento

Som de pássaros

Cheiro de mato, de terra

Coração em harmonia

Amor ao mundo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é oDBIGFywch1i4fTfmTrih3ucRi78cgkFko3tMH8la2ECwvulKNM6TJCOYRhgiuws1A6dyIhVfw4_M1V1ydtsCDZ8Kd4EcMLK4TNI1l_AackDD959GRyELFJydhHt1j7XUyo-GVk=s0

Nessa viagem, aprendi muito sobre o quanto o meu olhar pode mudar o meu mundo pessoal e o mundo ao meu redor. 

Pude compartilhar as fotos com meus amigos do Laboratório, sobre as imagens e os monges, mas neste texto compartilho muito mais, divido com vocês paz, leveza e fé. 

Depois de uma semana de nossa viagem, recebi algumas fotos dos monges fazendo a refeição no sítio e resolvi compartilhar aqui. Acho linda essa interação.

Além disso, me mandaram um link que traz muito mais sobre eles:

Vivência

Independentemente de suas crenças e religiões,

foquem no Ser Maior e no Amor Infinito e

vejam a beleza na paz que esses monges emanam.

A vida de cada um de nós é de aprendizado e evolução,

eu coloquei mais um tijolinho no meu caminhar,

contemplando e vivendo esse momento.

SE quiser, faça o mesmo!

Livraria, Livros, Parede De Tijolo, Fachada

Laboratório de ideias, conhecimentos, arte e imaginação.