Skip to content

Testes em recém-nascidos

Necessidade e não apenas regras

Logo após o nascimento do bebê, é preciso ser feito uma série de exames, que servem para a prevenção e diagnóstico precoce de possíveis problemas ou doenças, garantindo um melhor prognóstico e qualidade de vida do bebê.

Pense no futuro de seu filho e não apenas no presente.

Os testes obrigatórios para o recém-nascido são indicados para a realização logo na primeira semana de vida, de preferência ainda na maternidade:

Teste do pezinho: 

O exame é feito a partir de gotas de sangue tiradas do calcanhar do bebê.

Identifica doenças metabólicas e genéticas.

A reportagem da Veja, com link abaixo, mostra que o teste do pezinho realizado pelo SUS vai analisar mais doenças e se torna mais completo, vale a pena dar uma lida.

Teste do olhinho: 

Também conhecido como teste do reflexo vermelho, é feito para detectar problemas de visão, como catarata, glaucoma ou estrabismo. 

É importante sempre fazer esse exame nas consultas de rotina;

Não pensem vocês pais, que o teste é muito complicado, é feito com as luzes baixas no ambiente, onde são direcionadas luzes diretamente sobre os olhos do bebê. 

O resultado prévio é a própria cor do reflexo. As cores podem ser avermelhadas, alaranjadas ou amareladas.

Para que o resultado seja efetivo deve ser feito nos primeiros meses de vida do bebe, no máximo, até completar um ano de idade. 

Estudos deixam claro que 90% dos problemas de visão se desenvolvem no início da vida dos nossos pequenos.

Teste da orelhinha: 

Detecta problemas de surdez congênita e alterações auditivas no bebê. 

Deve ser realizado, de preferência, entre 24 a 48 horas de vida do bebê, e não causa dor ou desconforto, sendo muitas vezes realizado durante o sono.

O teste é obrigatório por lei e deve ser feito na maternidade, podendo ser repetido em 30 dias, caso haja alguma dúvida; serve para avaliar a audição e poderá detectar algum grau de surdez, permitindo melhor atuação da medicina.

Lembrem-se que o teste é gratuito.

Teste da linguinha: 

Exame feito por um fonoaudiólogo para diagnosticar problemas no freio da língua, como a “língua presa”. 

Esta complicação pode prejudicar a amamentação ou comprometer o ato de engolir, mastigar ou falar, por isso o tratamento precoce é fundamental.

É muito importante realizar todos esses exames para garantir um desenvolvimento saudável do bebê e, caso necessário, realizar o tratamento precoce de algum distúrbio que possa influenciar no futuro!

#dramarianaviveiros #pediatria #pneumopediatria #pneumologia #mogidascruzes

Nós da Comud agradecemos muito a Dra. Mariana Viveiros e sua equipe de internet pela parceria, a imagem inicial vem do Instagram da médica que deve ser seguido por pais atentos.

Asiática, Butão, Pessoas, Butanês