Skip to content

Capitólio

Cânions formados por Furnas 

Pessoal, esse artigo foi montado em duas fases: uma de fotos de nosso super parceiro, Almir que mandou suas fotos, agradecemos ao fotógrafo Rafael Bolito, que realmente sabe o que faz.

Não vamos falar sobre o acidente ocorrido agora em janeiro de 2022, pois já esteve na mídia. 

Mas vamos alertar com dicas sobre o que devemos fazer antes de fazer turismo de natureza e aventura.

Fotos da Visita de Almir: 

As fotos mostram o mirante, os cânions, as cachoeiras e isso tudo com a alegria de viver que transborda.

O lago artificial de Furnas foi criado a partir da inundação de áreas para a construção da usina.

Grandes cânions se formaram, trazendo ao local uma visão paradisíaca como pudemos ver nas fotos:

Pontos turísticos mais importantes:

  • Cânions 
  • Mirante
  • Morro do Chapéu
  • Cachoeira Lago Azul
  • Trilha do Sol
  • Cachoeira Paraíso Perdido
  • do Lobo
  • Cachoeira da Capivara
  • do Fecho da Serra
  • Cascata Eco Parque
  • Feira e Artesanato Local
  • Igreja Matriz – São Sebastião
  • Balneário Escarpas do lago
  • Praia Artificial.

Nem todas foram visitadas pela dupla.

História e Curiosidades

A região começou a ser visitada por volta de 1.800, chamava atenção pela vegetação e beleza. Estrangeiros sempre ficaram encantados com o local. 

Alguns homens importantes para a criação da cidade tinham nome de Francisco, foram líderes importantes na região. O nome da Cidade, Capitólio, por um lado lembra a Roma antiga, por outro, pode ser traduzido como Cabeças, o que poderia traduzir bem essa poderosa liderança inicial dos “Franciscos”.

Possui perto de 8 mil habitantes e hoje possui a Hidrelétrica de Furnas, primeira hidrelétrica instalada no Rio Grande, que produz 1,2 milhões de quilowatts

Parte de seu território está dentro do Parque Nacional da Serra da Canastra.

Dicas para turismo ecológico:

  1. Respeite a natureza – não deixe lixo, carregue seu lixo sempre! Não retire nada do seu habitat natural;
  1. A fauna local deve ser preservada;
  1. Pesquise sobre clima, previsões de chuva são fundamentais;
  1. Nas épocas de seca, cuidado com animais que deixam seus locais de descanso para buscar água e alimentos. Muito comum ter mais cobras próximas às cachoeiras, nas épocas de seca;
  1. Escolha os horários para fazer os passeios, evite se perder próximo ao período noturno;
  1. Procure guias para trilhas e caminhos desconhecidos;
  1. Carregue o mínimo de bagagem;
  1. Reserve local para ficar antecipadamente;
  1. Existem normas técnicas e regras para o ecoturismo no Brasil, verifique se o local visitado está respeitando as mesmas. Regras de Segurança são fundamentais nesses casos;
  1.  Cuidados especiais com: equipamentos, remédios, hidratação, alimentação e transporte. Os acidentes e mortes nessas práticas de turismo na maioria se devem a quedas, fome, desidratação e hipotermia.

Boa viagem!

Dedicamos esse artigo às vítimas do acidente ocorrido em janeiro de 2022.