Skip to content

Portfólio ou Curriculum, o que é melhor?

Portfólio é uma visão atual

Portfólio e currículo são conceitos diferentes.

Enquanto currículo é a teoria, portfólio é a pratica.

É uma vitrine de seus trabalhos e uma parte de sua personalidade. 

Quando bem produzido, pode conquistar empregadores e clientes.

Varia de acordo com a vaga ou trabalho pretendido.

Deve apresentar equilíbrio entre senso estético, sua capacidade para encontrar uma possível solução para os problemas e seus resultados conquistados.

Quer algumas dicas?

  1. Caso você ainda não tenha experiência, procure quem precisa de ajuda e ofereça seu trabalho, mesmo que seja voluntário. Crie a experiência tão necessária.
  2. Faça seus trabalhos acadêmicos já pensando no seu portfólio.
  3. Não complique! 

Estamos na era da tecnologia, o SIMPLES funciona muito bem.

  1. Use o google slides e faça uma apresentação. 

É fácil de acessar e atualizar. 

Evita problemas com anexos.

  1. Dependendo da sua área de atuação, é importante que seu portfólio seja mais direcionado a objetivos, situações vividas e desafios encontrados e superados.

O impacto está em como você lidou com situações variadas e os resultados encontrados.

Essas duas ferramentas de apresentação não competem entre si, se complementam.

Cada uma delas possui suas qualidades e suas funções:

O CV ou currículo vai trazer de forma clara sua formação, sua trajetória e parte importante do seu perfil; parte da sua descrição está nessa ferramenta. 

Já o portfólio te expõe, trazendo a parte prática de sua produção; ele mostra como você soube usar os conhecimentos adquiridos na sua formação, como viu a oportunidade e usou suas habilidades, assim como seus projetos, seu desempenho em atividades. 

Gosto muito de dizer que o CV traz um retrato com informações padronizadas, enquanto seu portfólio traz um vídeo de “Essa é minha vida profissional”.

A cada dia, é mais importante entender que um bom CV sem um bom portfólio às vezes não te vende como profissional!

Portfólio Digital

Com o processo digital moderno, muitos optam por ter seus portfólios em páginas de internet. Para isso, muitos aplicativos possuem utilidade, vou usar como exemplos o wordpress e o wix, onde de forma muito intuitiva você pode se apresentar ao mercado. 

Para tanto:

Seja prático, simples e direto!

Quem é minha empresa?

Pense comigo: se você é uma MEI, um profissional autônomo ou ainda uma pequena empresa ainda na informalidade e quer aparecer na internet, o que precisa ser dito? 

Quais informações te diferenciam? 

Como se apresentar?

Coloque de forma muito breve e direta seus principais conceitos e mostre que possui uma estratégia como empresário:

Conte ao mundo quem é você, onde quer chegar, qual sua experiência e acima de tudo no que você acredita.

O mercado possui padrões que são muito importantes, não pela forma que pode ser rompida, mas pelo conteúdo, logo mostre sua missão, seus valores, seu histórico e seu comprometimento.

Se possui produtos, mostre suas imagens, seus preços, suas condições e seja muito honesto com imagem e conteúdo, hoje ninguém perdoa falta de ética ao apresentar algo que não te representa.

Num portfólio, não estamos numa página de venda, deixe os detalhes técnicos para essa outra etapa do seu relacionamento com o mercado.

Se você possui fornecedores e clientes que te admiram e que são respeitados pelo mercado, mostre isso ao mercado, sem nunca esquecer de falar com os parceiros envolvidos.

Se você não trabalha sozinho, mostre os membros de sua equipe, transparência e empatia são fundamentais. Mostre quem é sua equipe, sua qualificação, habilidades e competências.

Quando você mostrar todos esses itens ao mercado, sem dúvida você vai criar uma demanda naqueles que se identificarem com “você” (sua empresa).

Quem sou eu?

Agora serei mais direto ainda: se eu sou um profissional e quero muito ser contratado pelo mercado de trabalho, o que devo contar que fará brilhar os olhos dos contratantes? Ou de seus recrutadores?

Hoje em dia, adianta ter “n” diplomas e não saber colocar em prática todo esse conhecimento?

Como falar disso para os contratantes? 

Um bom portfólio pessoal:

  • Mostra seus conhecimentos através de cursos de curta e longa duração e de sua eficiência prática para soluções diárias;
  • Contém projetos acadêmicos desenvolvidos;
  • Exibe teses que podem ser implementadas de imediato;
  • Apresenta estágios em empresas respeitadas;
  • Fala sobre seus desempenhos em empregos anteriores;
  • Mostra soluções inovadoras implementadas.
  • É organizado, sequencial e agregador.

Não tenha medo de se expor como profissional. Orgulhe-se do que você já aprendeu, daquilo que já usou na prática e até dos erros cometidos buscando uma solução, exibindo o sucesso final.

Nunca se esqueça que é humano errar, mas só é admirável aquele que reconhece o erro, busca soluções e resolve de maneira efetiva o processo.

Hoje o portfólio pode ser usado de várias formas e as dicas acima poderão ser traduzidas a todos eles, basta ser:

  • Verdadeiro,
  • Prático,
  • Simples,
  • Organizado,
  • Completo.

Boa sorte e até a próxima!

Laboratório de ideias, conhecimentos, arte e imaginação.