Skip to content

O que aprendi sobre educação no filme Parasita

Sem inovação não existe transformação!

Uma educação é inovadora quando resolve problemas que os modelos anteriores não resolviam.

É triste perceber o quanto a educação continua promovendo desigualdades.

Parasita me levou a uma enorme e amarga reflexão sobre educação. 

Sem a pretensão de achar ter descoberto o “verdadeiro sentido da educação”, mas bem longe disso, me dei conta do quão complexa é essa tarefa.

O filme surpreende pela simplicidade com que nos mostra um problema tão complexo.

O filme

Uma família abastada e duas outras em estado de pobreza, separadas por uma tênue linha divisória. 

O senso de solidariedade não existe quando veem o momento onde irão perder o território conquistado.

A proposta é clara: “quem é parasita de quem? 

É a lição que todos aprendemos: nos infiltramos, vemos uma chance, agarramos e melhoramos de vida, custe o que custar.

Escolas

As escolas inovadoras devem ser capazes de se conectar com as realidades sociais e furar a bolha existente da escola tradicional.

Resolver problemas é o que diferencia inovação de invenção.

Escolas inovadoras devem oferecer lucidez social e cultural, trazendo problemas reais, quanto mais complexos, melhor, que se desdobram em diferentes dimensões (tecnológicas, pedagógicas, filosóficas etc.) e, para isso, precisam dar condições para que os estudantes compreendam a posição que ocupam no mundo, seja esta qual for.

“Se a educação não for libertadora,

o sonho do oprimido é se tornar o opressor.”

Paulo Freire

Informações do Filme (teaser do filme)

Trailer:

Parasita • Trailer Legendado - YouTube
Parasita | Trailer Legendado – YouTube

Filme disponível na Globoplay

“Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo em um porão sujo e apertado, mas uma obra do acaso faz com que ele comece a dar aulas de inglês a uma garota de família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe e filhos bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custam caro a todos.”

Data de lançamento: 30 de maio de 2019 (Coreia do Sul)

Diretor: Bong Joon-ho

Prêmios: Destaque para o Oscar de Melhor Filme e a Palma de Ouro, mas obteve inúmeros outros prêmios