Skip to content

O que você pode fazer para minimizar os problemas da sua própria obra

Planejamento

Dificilmente se chega a um bom resultado sem planejamento. 

Essa afirmação é válida para tudo. 

E por que não seria para uma obra?

Um planejamento de obra consiste em passos anteriores à própria obra, que em resumo são o Projeto, o Cronograma e a Planilha Orçamentária.

Problemas em obra normalmente levam a dois resultados: atraso e custo. E convenhamos, ambos são desagradáveis e infelizmente nunca estão sozinhos, sempre andam em dupla.

Portanto, antes de iniciar sua obra, tenha em mãos o seu planejamento detalhado.

Pressa x Perfeição

Controle sua ansiedade.

Todo mundo está com pressa, seja por uma necessidade emergencial, seja por costume mesmo.

Mas o fato é que a pressa é, definitivamente, inimiga dos bons resultados, pois essa pressa da qual estamos falando é resultante de falta de planejamento e não de uma alta performance no momento da execução.

É bom ter em mente que fazer projeto e planejamento de obra leva tempo mínimo necessário para execução de um bom trabalho, portanto, a ansiedade não vai mudar essa realidade.

Ao planejar a execução do projeto e da obra o recomendado é inicialmente se fazer um cronograma das etapas para que o cliente possa ir acompanhando as etapas e vendo os progressos que são alcançados. 

Com essa consciência, a prática de “passar o carro na frente dos bois” é automaticamente deixada de lado.

Procure conhecer as etapas de todo o processo e ver o quão complexa elas são, pois daí ficará mais fácil entender porque demora tanto! 

Na verdade, todo tempo investido nessas etapas, minimizam as dificuldades em campo.

 

Acredite, mas cobre

Converse bastante com o profissional de arquitetura que você escolheu para conduzir os trabalhos e procure entrar em sintonia com a proposta de condução dele.

Respeite a metodologia proposta mas garanta que você terá ferramentas para cobrar e ter respostas quando achar que deve. 

O Cronograma é a melhor ferramenta para isso. 

O ideal é que ele seja detalhado em suas etapas e ele se torna uma garantia para todos os envolvidos.

Obviamente que doses de bom senso são sempre bem-vindas em casos como esses, que podem significar muitos meses de convivência regular.

Entretanto tenho que dizer que, mesmo seguindo todos os protocolos aqui propostos, problemas podem acontecer. Por outro lado, imagine, se não planejar. Ai sim, não tenha dúvidas, será um caos.

Agora tenho página no Laboratório Krono e lancei meu primeiro livro:

“Crônica de Meio Cento”

Venha conferir:

Anna Novaes (krono.com.br)

Autora de um blog com informações e dicas de arquitetura