Skip to content

Trocando ideias entre usuários

Primeiramente, vou responder uma pergunta para os especialistas em tecnologia:

O que esse cara, um mero usuário, está fazendo, escrevendo um texto nessa área?

Vou te responder, fácil!

Dando voz aos milhares de técnicos que morrem de vontade de falar o que eu vou falar e não podem por uma questão de respeito profissional!

Vamos à situação:

Você (uma pessoa comum, o usuário) está usando seu computador e, de repente, ele para!

Olha a tomada, não tem problema…

Liga e desliga o botão e nada!

Fica pensando no que fez de errado…

Do nada, surgem milhares de respostas, todas horríveis: vírus, ataque cibernético, fundiu o motor etc.

Você liga para o técnico em desespero!

O coitado sai da casa dele para te atender.

Quando chega, verifica que você conferiu 10 vezes a tomada, mas não olhou que a conexão de energia no computador não estava bem encaixada. 

O problema era só isso. 

Você nem percebeu que a luz da bateria estava vermelha fazia algum tempo, pois, para você, aquilo deve ser algum problema TÉCNICO.

Gente, o maior problema de um computador é aquela pecinha que está na frente da máquina: eu, o Usuário!

Estou me incluindo no grupo conhecido como: o “Usuário”!

Acima de tudo, esse texto é para abrir os olhos dessa espécie que, no pós-pandemia, será quase que a população toda!!!

Vamos ter que usar essas fabulosas máquinas! 

Não estou sendo irônico, não! 

Adoro essas máquinas! 

Sou usuário há 37 anos!

Elas são o futuro, ou melhor, elas já são o presente!

Para que essa nova relação de amor e ódio pela máquina chamada computador seja pelo menos amistosa, gostaria de dar umas dicas.

Pera aí, leitor! Hoje incluo como computador, o celular e todas as variações pequenas dessa espécie de máquina!

Primeira dica: 

Tenha um amigo de referência (e apenas um) que realmente entenda do assunto. Se não tem esse amigo, procura! 

Não tenha mais que um, pois se eles descordarem entre si, a decisão volta para você, o que pode ser um desastre!!! Escolha só UM!!!

Se não achar, procure um profissional indicado por um dos seus amigos.

Nossas máquinas são fundamentais nessa nova vida. 

Quando ficamos doentes, procuramos especialistas, médicos, psicólogos, farmacêuticos ou curandeiros, não importa qual deles, mas todos lidam com saúde, mas o médico deve ser sua referência! 

Logo, tenha um especialista para te ajudar com seu computador!

Segunda dica: 

Leia, estude, ou fale com um especialista sobre alguns aspectos fundamentais de um computador:

  • Memória
  • Velocidade
  • Internet
Programação, Código, Imac, Computador

Pense em tudo isso antes de comprar ou atualizar sua máquina.

O principal fator na aquisição de um equipamento é saber para o quê ele vai ser usado!!! 

Um computador pode ter várias funções na sua vida:

  • estudar, 
  • trabalhar, 
  • divertir. 

Conte isso para quem entende e peça ajuda na definição da máquina!

Seja qual for a sua necessidade, seja detalhado com o técnico!!!

Pois, para trabalhar, você pode precisar, por exemplo, só de uma internet eficiente e alguns aplicativos básicos. Mas, por outro lado, você pode precisar de desenho industrial, de edição de vídeo, ou qualquer outra ferramenta mais sofisticada. Então, seja rigorosamente detalhista nas possibilidades de uso.

Para estudar, o mesmo processo é importante: uma coisa é um computador apenas usado para assistir aulas de colégio tradicional, outra é para cursos de Fotoshop ou sistemas sofisticados de engenharia, por exemplo.

Quando for para se divertir não é diferente, pois cada jogo precisa de memória, internet diferenciada. Para assistir vídeo, você precisa da melhor definição de imagem etc.

Não adianta chamar um técnico para consertar se você já comprou o computador errado!

Sabe aquela piada do cara que entra no prédio, depois entra no elevador e quando o ascensorista pergunta: – Qual o andar?

O cara responde: – Qualquer um, porque já entrei no prédio errado mesmo!

Não passe por essa vergonha!

Muitas vezes, é mais caro adaptar um computador do que comprar um novo mais adequado.

Minha função aqui é a de valorizar os profissionais da área e, como administrador de empresas, tentar conscientizar a todos que um computador hoje deve ser visto como um 

INVESTIMENTO>EMPREENDIMENTO>PARCERIA>FUTURO

Assumir ser um USUÁRIO e ter todos os problemas com minhas escolhas malfeitas, não é fácil!

Mais difícil é ser um autor da COMUD e me propor a assumir essa postura para te ajudar a entender que a vida é feita de escolhas e que minha função nesse momento é dividir conhecimento! 

Quero que você compre e dê manutenção em seus equipamentos da forma possível e adequada.

Além disso, nossas máquinas hoje são nossos parceiros de trabalho e de diversão, logo devem ser bem escolhidas!

Quase todo mundo tem um amigo que gosta e entende desses equipamentos, pedir ajuda não é errado nem difícil.

Difícil é conviver com o erro!

SUGESTÃO: 

Acima de tudo, não seja a peça defeituosa da sua máquina!!!

  1. Peça ajuda para comprar;
  2. Defina bem a utilidade da máquina;
  3. Faça manutenção;
  4. Acompanhe a memória usada;
  5. Use as proteções indicadas pelos técnicos;
  6. Instale apenas aplicativos úteis;
  7. Aprenda sobre a nuvem como opção de armazenamento;
  8. Guarde sua máquina com respeito, pois não é um brinquedo (na maioria das vezes), mesmo os jovens devem entender que um computador é um INVESTIMENTO.
Computador, Acessórios, Monitor, Mostrar

Portanto senhores, esse meu texto deve servir também nas aquisições de:

  • Celulares
  • Periféricos:
  • Impressoras
  • Câmeras
  • Microfones
  • Iluminação

Portanto, pense também na cadeira e mesa onde irá usar os seus equipamentos!

Coruja, Computador, Fones De Ouvido

Boa sorte com seu grande parceiro!