Skip to content

Meu computador está lento, o que fazer?

Há vários motivos para que o seu computador sofra de lentidão, desde simples coisas até um vírus ou um hardware (qualquer peça do seu computador) defeituoso. 

Vamos listar aqui os motivos mais comuns e até algo mais avançado, caso você se sinta a vontade de investigar mais a fundo.

Reinicie o computador

Sim, é a primeira coisa que toda pessoa deve fazer. É chato, mas corrige 90% dos problemas da vida (até seu celular).

Faça uma limpeza do seu computador

Após meses e meses de uso, instalação de programas, navegação de internet, seu computador começará a guardar coisas inúteis que consomem o processamento e espaço.

Portanto baixe o CCleaner ou outro programa gratuito, escolha o que limpar, tomando cuidado com arquivos na Lixeira e senhas. 

Em alguns casos, o ganho de performance é mesmo surpreendente.

Antivírus

Vírus podem estar roubando o processamento do seu computador por algum motivo. 

Caso não tenha um antivírus instalado, baixe um antivírus de confiança e faça uma varredura completa. Pode demorar algumas horas, portanto recomendo desconectar da internet e deixar rodando durante a noite.

Além disso, os vírus evoluíram muito e muitas vezes o antivírus não os detecta, então podemos passar ilesos e estar infectados.

Desinstale programas que você não usa

Quando adquirimos um computador, frequentemente há vários e vários programas instalados, na maioria das vezes não nos serve para nada. 

Desinstale-os, isso economizará espaço e processamento.

Se tiver em dúvida se é seguro ou não desinstalar, pegue o nome do programa e pesquise no Google.

Elimine programas que inicia com o computador

No Gerenciador de Tarefas (CTRL SHIFT ESC → Aba Iniciar), honestamente, qualquer coisa diferente do antivírus não é necessário. 

Talvez driver de áudio, porém podemos desabilitar todos e ver se houve algum problema na inicialização. Caso contrário, basta reabilitar.

C:\Users\cosmofilho\Downloads\ecstatic-2821540_1920 (1).png

Formatar o computador

Este é um termo comum no mundo dos profissionais de informática, onde você vai tirar tudo do computador e fazer uma instalação limpa do Windows. 

Caso não se sinta confortável em fazê-lo, contrate um profissional de confiança. Senão, no Youtube, há diversos tutoriais e o processo hoje em dia é bem simples e com chances mínimas de erro.

Tenha certeza de que você fez o backup antes ou que o profissional o fará. 

De novo, tenha confiança no profissional, pois ele terá acesso a todos seus arquivos, histórico de navegação e potenciais senhas salvas no navegador.

Antes de recorrer a formatação, vamos ver o hardware.

Hardware

C:\Users\cosmofilho\Downloads\laptop-1104066_1920.jpg

Verifique a Memória RAM do seu Computador

Fazendo uma analogia simplista: a memória RAM é o tamanho da sua mesa de trabalho, quanto maior ela for, menos tempo você vai gastar indo no armário buscar as coisas que precisa.

No Gerenciador de tarefas → Performance, você conseguirá ver o quanto de memória está sendo utilizada. 

Não é uma regra padrão, mas acima de 90% de utilização você poderá sofrer com lentidão no sistema

Mínimo, hoje em dia, para RAM é 4 GB, recomendado é 8GB e 16 GB é o ideal. 

Ter muita RAM não faz seu computador mais rápido, então qualquer computador acima de 16 GB é necessário apenas para menos de 1% da população.

Verifique o disco rígido

De novo, no Gerenciador de Tarefas → Performance, você encontrará informação sobre o disco rígido. Se ele está acima de 90%, sem você estar executando nada (inclusive varredura de antivírus), há grandes riscos de você estar infectado.

Portanto desconecte da internet imediatamente e rode o antivírus. Se o antivírus não achou nada, há chance do seu HD (Hard disk = disco rígido) estar no final da vida útil.

Verifique se o seu disco rígido está saudável

Em alguns casos, o HD está simplesmente morrendo e não percebemos, todos nossos arquivos, fotos, imposto de renda estão em risco.

O método mais eficaz que eu conheço para detecção é o uso do programa Crystal Disk Info, infelizmente apenas disponível em inglês, mas o programa usa cores para informar. Se você receber um verde na sua tela, tudo OK, caso contrário, melhor começar o backup dos arquivos e preparar para troca.

Upgrade 

Acima de tudo se seu computador é relativamente novo ou você não quer investir alguns milhares de reais para adquirir um equipamento melhor, você poderá fazer upgrade nele e ainda assim valer bastante a pena.

O upgrade mais recomendado nos dias atuais é o uso de SSD. SSD são HDs mais rápidos (porém de menor capacidade), são capazes de transformar um notebook que demora 2 minutos para ligar numa máquina pronta para uso em 30 segundos. 

Tudo funciona mais rápido (quase um milagre!)

Segundo upgrade que eu recomendo é pular de 4 GB de RAM para 8 GB, isso permitirá você mexer com múltiplas tarefas e ter mais estabilidade.

Caso não se sinta seguro para fazer as trocas sozinho, peça para um técnico em informática fazer a instalação destes hardwares no seu equipamento.

Formate o computador

Se você fez tudo isso e ainda não obteve resultados satisfatórios, formatar o computador pode ser a última opção. 

Acima de tudo tenha certeza de ter salvado seus arquivos em outro lugar (Google Drive, Pendrive etc.), também peça ao técnico para manter o Office e outros softwares que você use (Photoshop, Google Chrome etc.). 

Após o processo, você terá um computador novinho!

Se mesmo depois disso tudo seu computador ainda continuar uma carroça, talvez seja hora de aposentar o velho companheiro de guerra.