Skip to content

Ano 2020 – Que ano!!!!!

No momento que se aproxima o final do ano de 2020, um ano diferente, desafiador, mas de muita evolução, me pego pensando o quanto os desafios que nos foram apresentados, mexeram com nossas entranhas.

Por vezes nos revoltamos, outros momentos, nos solidarizamos com pessoas que nem conhecíamos.

E a descoberta do aprendizado “virtual”, caramba, conhecemos pessoas maravilhosas que jamais teríamos a oportunidade de conviver. e sabem o que é o melhor? Criamos laços de amizade verdadeira sem nunca as ter visto.

Muitas descobertas na forma de nos relacionarmos, seja com pessoas, animais, conhecimento, forma de aprendizagem, como sermos pacientes e descobrir que não éramos tão sensatos como imaginávamos.

Ah! e isso foi outra descoberta….

Imaginar…

Imaginar uma vida melhor, já que as incertezas eram tantas que não havia como saber (que petulância) o que iria acontecer. E quando imaginamos, co-criamos com o Universo o que realmente nos fará bem.

Quando nos permitimos imaginar, temos que ir para dentro e sentir profundamente o que queremos, o que de fato nos faz bem. 

Assim descobrimos que devemos sentir profundamente e aguardar, permitir que nosso corpo nos mostre as duas opções para cada situação (as outras já ficaram pelo caminho quando da internalização em nós) e sentir com o coração e não com a mente, qual a opção que sentimos “quente” ou “fria”.

Descobrimos assim, que a linguagem do coração é a verdadeira e é binária –  só nos apresenta as duas principais opções para cada situação –  e a escolha, por ser feita sem a intervenção da mente, não está “poluída” com crenças limitantes.

Talvez levássemos milênios para aprender a ouvir o coração se não fosse a Pandemia.

Gratidão Pandemia, quanto aprendizado. Pandemia, você foi uma professora rígida, exigente, mas crescemos, todos, cada um a seu modo, com os recursos internos que tínhamos.

Que 2021 venha e nos traga novas oportunidades de crescer, mas se possível e se merecermos, com mais amorosidade.