Skip to content

A saúde da fala

Texto adaptado de “Good Speech” de Louise Morgan, publicado no Dia Mundial da Voz.

Nosso corpo é equipado para produzir um som notável: a voz humana. 

A voz é o resultado da vibração que a respiração produz nas cordas vocais. 

Esse é o abc do mecanismo que envolve o tórax, a garganta e a cabeça para produzir ondas sonoras. 

Vovó, Crianças, Computador Portátil

O modo como a gente fala atrai ou afasta as outras pessoas. 

Quem se comunica com ritmo e vitalidade proporciona prazer aos ouvintes. 

Por outro lado, vozes hesitantes, ásperas ou fracas dificultam o entendimento e interferem na comunicação.

Tomar ar suficiente é importante para criar um fluxo ininterrupto, sem quebras ou solavancos durante a fala. 

As costelas se expandem e se contraem para mandar uma sólida corrente de ar aos lábios. Esta corrente de ar é a força que modela, dá vigor e textura à voz. 

Músico, Violão, Música, Rocha, Jazz

Pratique o som ‘hummm’ com a boca fechada e perceba as vibrações nos ossos da face. 

Há em nosso corpo uma caixa de ressonância formada pelas cavidades nasais e pelos ossos do céu da boca, de onde o som é projetado. 

Ondas sonoras fracas não alcançam a caixa de ressonância e deixam a voz sem colorido.

A voz se torna pobre por que não a utilizamos o suficiente. Não cantarolamos, não sussurramos, não assoviamos ou rimos. E nem mesmo falamos o bastante.

Música, Cantar, Show, Cantor

O uso da voz é a mais potente expressão da personalidade. 

A verdadeira pessoa, o eu, é evocada pela voz. 

Uma voz saudável torna possível expressar necessidades e sentimentos, fazer amigos e encontrar parceiros na vida pessoal e no trabalho.